A INFLUÊNCIA DA PREVIDÊNCIA PRIVADA COMO RENDA COMPLEMENTAR A APOSENTADORIA E AS CONTRIBUIÇÕES PARA A ECONOMIA BRASILEIRA: UM ESTUDO BIBLIOGRÁFICO

Aline de Araujo Oliveira, Júlio Vieira Neto

Resumo


São diversas as opções de investimento em longo prazo e, na sua maioria, a finalidade do investidor é usufruir de uma aposentadoria satisfatória e suficiente para a manutenção ou mesmo melhoria do seu padrão socioeconômico. O crescimento da população idosa no Brasil é real e trata-se de um fenômeno mundial. Junto a esse crescimento surge uma demanda por produtos e serviços destinados a esse público, movimentando a economia envolvendo diversos segmentos sociais, desde a qualificação de profissionais a adaptações de ambientes e criação de tecnologias que influenciam e contribuem para a melhoria da qualidade de vida dos idosos. Infelizmente com o crescente déficit da previdência social, e a redução do valor dos benefícios pagos por ela, esses produtos e serviços dificilmente estão acessíveis ao idoso que tem como única fonte de renda a previdência social. Dentro deste contexto, essa pesquisa tem como objetivo, analisar a influência da previdência privada no padrão socioeconômico do aposentado, estabelecendo uma relação de contribuição com a economia brasileira. O referencial teórico baseia-se em uma revisão sistemática e da ideia de autores que investigam o tema. Aponta-se um crescimento significativo de produtos e serviços destinados a esse público, movido pelas políticas de assistência ao idoso, que acaba por interferir positivamente na economia brasileira.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Aline de Araujo Oliveira, Júlio Vieira Neto

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Indexação:

             

ISSN: 2446-6778

 This work is licensed under a Creative Commons License Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.