ANÁLISE DA QUALIDADE DE VIDA DOS COLABORADORES DA CONSTRUÇÃO CIVIL ATRAVÉS DO MÉTODO WHOQOL-BREF

Eduardo Barbosa Bernardes, André Raeli Gomes

Resumo


O estudo apresentado tem como objetivo analisar a Qualidade de Vida no trabalho (QVT)  de colaboradores expostos a ricos ocupacionais do setor de construção civil. Assegurou-se como referencial teórico os conceitos apresentados por diversos autores referentes à Qualidade de Vida, os principais riscos físicos, químicos, biológicos, ergonômicos e psicológicos que os colaboradores estão expostos no ramo de construção civil. Com natureza do tipo quantitativa, quanto sua abordagem, com análise de dados estatísticos tabulados dos questionários de pesquisa, os questionários foram elaborado conforme modelo WHOQOL-BREF e aplicado a um grupo de 30 colaboradores de quatro empresas vinculadas ao setor de construção civil. Com análise dos dados observa-se que todos os domínios nas diferentes facetas apresentam correlação com a QVT no ramo da construção civil, e que os quesitos “insatisfação financeira” com 26,17% de insatisfeito e “cuidado com a saúde” com 22,73% com muita insatisfação apresentaram os piores índices de satisfação,  enquanto  os  critérios  “auto avaliação de qualidade de vida”  com 63,64% apresentaram um bom índices de satisfação. Conclui-se que a análise realizada possibilitou identificar uma diferença significativa de satisfação entre os domínios Físicos, Psicológicos, Social com relação ao domínio Meio Ambiente, onde se encontra as facetas que descrevem os ricos ocupacionais que os trabalhadores estão expostos na construção civil.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Eduardo Barbosa Bernardes, André Raeli Gomes



Indexação:

             

ISSN: 2446-6778

 This work is licensed under a Creative Commons License Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.