A HIPERTENSÃO ARTERIAL COMO FATOR ASSOCIADO ÀS ALTERAÇÕES DA ORELHA INTERNA

Daniela Teixeira da Costa, Maria Esther de Araújo

Resumo


A hipertensão arterial é fator de risco para diversas complicações, inclusive para a perda auditiva. O presente estudo tem como objetivo relacionar os riscos de alterações auditivas em indivíduos com hipertensão arterial, associando os sinais e sintomas da perda auditiva no cotidiano do indivíduo hipertenso. A presente pesquisa apresenta caráter descritivo exploratório, o universo de amostragem foi PSF do bairro Ponte Seca em Aperibé/RJ. Os dados foram obtidos com a aplicação de um questionário para 10 pacientes hipertensos em tratamento. Os dados foram mensurados demonstrando que a hipertensão arterial e a medicação que é utilizada para seu controle podem ocasionar a perda auditiva, sintomas como zumbido e vertigem, fatores esses, que comprometem a qualidade de vida dos indivíduos com essa patologia. Nesse contexto faz-se importante divulgar a necessidade de processos preventivos que tornem mínimo os mecanismos que possibilitam a alteração do aparelho auditivo ocasionado pela hipertensão arterial, assim como, ações para o diagnóstico precoce da perda auditiva com o objetivo de minimizar o comprometimento das estruturas do sistema auditivo.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Daniela Teixeira da Costa, Maria Esther de Araújo

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Indexação:

             

ISSN: 2446-6778

 This work is licensed under a Creative Commons License Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.